A Associação Empresarial de Palhoça (ACIP) foi a anfitriã da Plenária Regional da Grande Florianópolis da Facisc (07.11), oportunidade em que os dirigentes das entidades repassaram vários temas de pauta, incluindo balanço e análise do desempenho das soluções empresariais, as quais cresceram 21% na região.

Participaram o Vice Presidente Regional da Facisc, Marcos de Souza, o Vice Presidente da Facisc, José Carlos de Souza e os presidentes de associações empresariais de Palhoça, Marcos Cardoso, Tijucas, Rogério de Souza, São José, Nadir Koerich e Biguaçu, Robson Carvalho, além de diretores das entidades, coordenadores de núcleos e associados.

Gestores da Facisc apresentaram o balanço do desempenho das soluções empresariais no âmbito regional, que alcançaram crescimento de 7%. A Facisc também apresentou em primeira mão três novos produtos dentro da solução Útil Card, que estará no portófolio comercial das entidades nos próximos dias.

Pelo mapa da Facisc, a região da Grande Florianópolis compreende dez entidades que correspondem a 25% do número de associados da Facisc em todo o Estado.

O Diretor Executivo da Facisc, Gilson Zimmermann, aproveitou a oportunidade para apresentar as características gerais do novo endereço da Entidade, a sede própria construída na região do bairro Estreito, em Florianópolis, um projeto idealizado em conjunto com a Associação Catarinense de Supermercados (Acats).  A nova sede conjunta destas entidades será inaugurada no próximo dia 10/12 às 10h.

Na pauta da plenária foram também apresentadas ações regionais no âmbito do Conselho Estadual da Mulher Empresária (Ceme) e do Conselho Estadual de Jovens Empresários (Cejesc), ambos com um intenso calendário de atividades.

O Presidente da ACIP, Marcos Cardoso, destacou o mérito das apresentações e manifestações e chamou a atenção para a relevância do trabalho realizado pelos núcleos setoriais e temáticos das entidades.

– O trabalho e a mobilização nos núcleos fazem toda a diferença, estas estruturas dão impulso para que o trabalho institucional das entidades regionais seja notado e ganhe força através da captação de novos participantes. Isso gera o movimento de renovação no associativismo, essencial para alcançarmos o crescimento almejado por todos e que acaba se refletindo no desempenho estadual da Facisc – afirmou Cardoso.

O Vice Presidente da Facisc, Marcos de Souza, reforçou a necessidade da permanente mobilização das entidades neste momento de transição política a fim de assegurar a atenção dos novos governantes para o programa Voz Única.

– O Voz Única teve grande aceitação por parte dos candidatos e agora é hora de novamente nos mobilizarmos para que as carências e entraves detectados em todas as regiões ganhe a atenção dos poderes públicos. Vamos cobrar essa atenção dos eleitos – prometeu.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *