O Café de Negócios da Associação Empresarial de Palhoça (Acip) tem um formato que proporciona seguidamente novas situações de parcerias e de fechamento de negócios ou ainda de eventos cujo ponto de partida foi a oportunidade surgida no café. Esta semana um grupo de empresárias e prestadoras de serviço realizou um Encontro de Dia Dos Namorados trabalhando um portfólio de produtos e serviços de vários segmentos para fomentar novos negócios.

A empresária Larissa Gumz Pimentel da Costa, dona da loja Mesaria de Palhoça nunca tinha participado do café e fez sua estreia na última edição (23/05).  Estimulada pelo ambiente de trocas, ela conheceu Cristiane Pereira da Styllu’s Podologia e Estética e as duas começaram a pensar na oportunidade de um evento para juntar as sinergias de cada uma, convidando também a empresária Cleonice Marcelli da Silva Dutra, da sex shop Coisas de Afrodite.

A união das três resultou no Encontro Dia dos Namorados, do qual participaram mulheres convidadas a partir do relacionamento de cada uma, agregando também a presença, a convite de Cleonice, da sexóloga e psicóloga Cristiane Costa para um bate-papo sobre sexo e comportamento.

– Foi muito bacana a gente se conhecer melhor e conversar, cada uma mostrando aquilo que realiza no mercado e que possui em termos de diferenciais. Já criamos um novo grupo que vai passar a se comunicar por rede social (whats app) e seguiremos fazendo trocas para estimular novos relacionamentos e novos negócios. E tudo isso começou no Café da ACIP – destacou Larissa.

O evento da ACIP é realizado a cada bimestre e vai completar 6 anos no próximo mês de setembro. “O sucesso do evento fica evidenciado por vários motivos. Estamos sempre com a casa cheia e as reservas para apresentações de cases estão todas preenchidas em 2018 e já com reservas solicitadas para 2019”, revela o Presidente da entidade, Marcos Cardoso.

– Ter a casa sempre cheia é ótimo, assim como também essa procura pelo produto por parte de empresas que vem apresentar seus qualificativos. Demonstra a qualidade do café como evento. Mas o melhor de tudo é quando recebemos a informação de que contatos feitos na hora da integração e do cafezinho rendem novas iniciativas como esta do Dia dos Namorados. Para a ACIP isso é gratificante. É a melhor resposta de que o associativismo, na prática, dá o melhor resultado – disse Cardoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *