O Movimento Catarinense de Excelência contou com mais uma agenda em Palhoça (11.12) , desta vez, a palestra do empresário Francisco Barão, que falou a uma plateia de gestores e de empreendedores no auditório da Associação Empresarial de Palhoça (ACIP). A iniciativa foi da própria ACIP em parceria com a unidade do Senac/SC de Palhoça.


O Diretor da Unidade do Senac/SC de Palhoça, Antonio Navalho Filho e o Diretor de Turismo e  Gastronomia da AACIP, Felipe Medeiros, fizeram a saudação de boas vindas em nome das Entidades.


Francisco Barão, ou Chico Barão, como é conhecido, é um empresário experiente que começou a empreender aos 20 anos de idade, teve entre 1987 e 1992 pequenos comércios e prestadores de serviços. Entre 1992 e 2008, participou de sociedades de pequenas, médias e grandes empresas e há mais de dez anos dedica-se à construção de uma holding que administra marcas como Guacamole Cocina Mexicana e Didge Steakhouse Pub, estas, as mais conhecidas.


Atualmente, esta holding denominada Qa+ controla os negócios de 6 unidades Guacamole, 4 Didge, 3 Guaquitos e 4 Delis. Guaquitos são unidades menores e direcionadas a ambientes específicos como praças de espaços colaborativos de empresas de tecnologia. A marca Deli foi associada para atende ro segmento chamado de fresh food. E está no radar o próximo negócio do grupo, uma unidade de comida oriental chamda Shikô, que abrirá em Joinville.


O modelo de negócio que Chico Barão desenvolve é uma empresa que faz a franquia com participação. Exemplo, nas lojas da marca Deli a Qaq+ tem 50%. A empresa também prepara um novo arranjo com adaptações necessárias para levar as marcas Digdge e Guacamole a shoppings.


Barão acompanha muito de perto o atual momento do setor, em especial o crescimento da modalidade de tele entrega com uso de aplicativos.


– Entendo que esta é uma tendência que veio para ficar, embora ache que as pessoas irão continuar se encontrando para conversar escolhendo um ambiente diferenciado, o chamado local que proporciona uma experiência – afirma.


Nessa linha, Barão busca gerar encantamento através de dois quesitos básicos, fundamentais para o sucesso: Atratividade e marca forte.


Para os negócios em geral, Barão entende que o sucesso está ligado a desafios encontrados no que tange à gestão: formação de líderes, acompanhamento das ferramentas implementadas, disciplina organizacional e um grau elevado de pertencimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *