Agendadas audiências públicas da Alça de Contorno em Biguaçu e Palhoça

Biguaçu recebe na terça-feira, dia 12 de novembro, a primeira audiência pública, processo este exigido pelo Ibama para liberação ambiental, da tão esperada Alça de Contorno da BR-101 na Grande Florianópolis. O debate será no Centro de Eventos Petry, às 19h. Na cidade vizinha qe também será beneficiada com a obra, Palhoça, a audiência será no dia 13, no Clube 7 de setembro.

 

O objetivo dos debates, de acordo com o diretor-geral da ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre), Jorge Bastos, é bater o martelo em relação ao traçado da obra nas duas audiências. Estas foram marcadas após a Autopista Litoral Sul entregar o EIA (Estudo de Impacto Ambiental) e o Rima (Relatório de Impacto Ambiental) da obra ao Ibama. Dando sequência aos trâmites do licenciamento ambiental, a previsão é de que até o final de novembro seja liberada a LAP (Licença Ambiental Prévia), dando viabilidade ambiental à nova rodovia.

 

Como em Palhoça o trajeto da alça ainda causa divergências haverá uma audiência própria. Para o presidente da Acibig, Valério Silva, que participa ativamente das reuniões do Comdes (Conselho Metropolitano para o Desenvolvimento da Grande Florianópolis), “não podemos mais esperar, essa obra tem que começar logo. Se em Palhoça o traçado está indefinido, que a Autopista inicie por Biguaçu. O trânsito e a segurança dos usuários da BR-101 não podem esperar mais”, destaca. Silva convida todos os associados da Acibig e CDL de Biguaçu a participarem da audiência pública no Cepetry, no dia 12/11. 

 

 

Carol Ramos
Jornalista – DRT-SC 3108JP

compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
tags
veja também