Ampliação do videomonitoramento ganha nova promessa de ativação em Palhoça

A Prefeitura de Palhoça está implantando um sistema de videomonitoramento, que possibilita a captação e transmissão de imagens, em tempo real, visando melhorar o serviço de segurança pública da cidade. A promessa da municipalidade é pela ativação de 252 câmeras no centro da cidade e bairros, inclusive na Região Sul do município, estando operacional entre janeiro e fevereiro.

Para o Presidente da ACIP, Ivan Cadore, este reforço do monitoramento será muito bem vindo a fim de melhorar a segurança para os comércios, indústrias e as residências em geral. “Aguardamos esta instalação há muito tempo e estamos torcendo para que, desta vez, a promessa se transforme em realidade”, comenta o dirigente.

A ampliação do vídeo monitoramento de segurança em Palhoça é uma reivindicação recorrente da Associação Empresarial de Palhoça (ACIP) e também do Conselho Permanente de Segurança (CPSPh), criado em 2019 justamente para estimular ações preventivas e ostensivas que diminuam a incidência de criminalidade no município. A ACIP é também uma das fundadoras e participantes deste conselho, formado por entidades setoriais e representantes de conselhos de seguranças de bairros, iniciativa totalmente voluntária.

Atualmente, o monitoramento já está ocorrendo numa parceria com a Polícia Militar, mas em âmbito mais restrito de locais.

A nova Central de Videomonitoramento vai disponibiliza a Secretaria Municipal de Segurança Pública uma visão em tempo real do que acontece na cidade. Por exemplo, as câmeras de última geração poderão monitorar o trânsito de veículos, áreas de vulnerabilidade e pontos críticos já conhecidos por estatísticas de casos até aqui.