Ativado o Núcleo de Turismo de Palhoça

A Associação Empresarial de Palhoça (ACIP) realizou (18.03) em sua sede o encontro de lançamento do Núcleo de Turismo, que surge com base na metodologia do Programa Empreender que é adotado como modelo associativista por todas as associações empresariais do Estado, num trabalho que tem a supervisão da Facisc e do Sebrae/SC.

O encontro reuniu empreendedores de vários segmentos diretamente ligados ao turismo de Palhoça, integrantes do Conselho Municipal de Turismo e uma representação da Prefeitura de Palhoça. O Presidente em exercício da ACIP, Everson Mai, recepcionou o Vice Prefeito Amaro Junior e secretários de Turismo, Adriano Mattos e do Desenvolvimento Econômico, Ana Paul Heiderscheidt.

Everson Mai deu boas vindas os participantes destacando a força de aglutinação de núcleos setoriais como este que está surgindo. “Entrei para o associativismo através de um núcleo, o Núcleo Jovem da ACIP que ajudei a fundar, e estamos acompanhando de perto sua atuação. Os núcleos atuam em questões bem específicas de cada segmento e esta atuação em conjunto fortalece de maneira consistente a estrutura da Entidade”, afirma Everson.

A representação oficial da Prefeitura de Palhoça apresentou resultados de iniciativas oficiais na alta temporada de verão e chamou a atenção para a necessidade de projetos que atraiam turistas à Palhoça o ano inteiro, até como forma de gerar mais aproximação entre as diferentes regiões do município, cada uma com diferentes potenciais a serem explorados. A Prefeitura quer ser parceira do Núcleo em futuras iniciativas.

Como responsável pela articulação que reuniu os participantes do encontro através da ACIP, o associado Juliano Cesar Braga, que atua na área de organização de eventos, a ideia geral é aproveitar a mobilização através do núcleo com o objetivo de gerar novas oportunidades de negócios para todos. “Vamos trabalhar para fazer e acontecer em Palhoça”, promete.

A consultora regional da Facisc, Carina Casanova, conduziu os trabalhos no sentido de detalhar a sequência de ações para a criação efetiva do Núcleo, sempre de acordo com a metodologia do Programa Empreender, bem como antecipou as tarefas de organização interna do grupo para que os resultados apareçam de forma efetiva e tenham repercussão e reconhecimento na região.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.