Destaque do Associado: Mais Internet avança para Garopaba

A empresa associada Mais Internet foi notícia nacional na mídia pelo fato de ter oficializado a compra da empresa Gbit Telecomunicações, de Garopaba, em um movimento de consolidação do setor de pequenos e médios provedores de fibra ótica em Santa Catarina. A Mais Internet teve assessoria da Stark – plataforma de fusões e aquisições para empresas de médio porte no mercado brasileiro – e trabalha para ser a operadora líder em conectividade, alcançando 50 mil usuários até 2025 – hoje são cerca de 11 mil clientes.
– Esse mercado está bem aquecido em todo o Brasil. Costumo dizer que é a nova corrida do ouro”, comenta Gualtiero Schlichting, da Stark. Nos últimos 30 dias a Stark anunciou outras duas transações, sendo uma de tecnologia em Florianópolis e um grande provedor de internet em Minas Gerais. A plataforma forneceu auditoria dos ativos, a modelagem financeira e as negociações contratuais para a companhia de Palhoça.
Segundo Everson Mai, fundador e diretor da Mais internet, ao menos mais uma empresa do segmento deverá ser adquirida até dezembro. No campo de visão de Mai estão três alvos, sendo que a Mais Internet já assinou contrato de confidencialidade com dois deles. Ele contou que o foco estratégico da expansão estará concentrado na Grande Florianópolis e no Litoral de Santa Catarina.
– Palhoça está às margens da BR-101 e fica distante uma hora tanto de Laguna, como de Tijucas. Temos, assim, como alcançar nossos clientes e funcionários de forma rápida – afirma.
Everson Mai é um “associativista raiz”, começou no Núcleo Jovem da ACIP e cumpriu várias jornadas na estrutura da entidade. Atualmente, é seu vice presidente.
Como aprendizado para sua trajetória profissional, Everson foi conhecer o Vale do Silício nos Estados Unidos e também colocou sua empresa no programa Scale Up Endeavor, etapas que ele considera fundamentais.
– São experiências que nos deram muita referência e mudaram nosso comportamento, passamos a agir como start ups, onde as mudanças são mais rápidas. Também criamos indicadores de desempenho em todos os setores da empresa, onde nossa equipe também participa dos resultados. Temos a cultura de replicar o pensamento do dono para todos os profissionais para que eles se sintam e ajam como donos da empresa – explicou.
Aliás, esta é uma medida planejada para 2021. Everson quer que os empregados possam transformar bônus em percentuais de participação societária da empresa e assim assumirem cada vez mais protagonismo como parte da equipe.
(com informações da revista Amanhã).

Everson Mai, fundador e diretor da Mais Internet.

compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
tags
veja também