Governo Federal anuncia mais um pacote de ajuda

O presidente Jair Bolsonaro prometeu pacote de R$ 85,8 bilhões para os estados e municípios para enfrentamento da crise contra o coronavirus. A promessa foi feita por Bolsonaro pelas redes sociais durante reunião com governadores que ocorre nesta segunda-feira (23.03). Ele também anunciou, entre outras as medidas, que estão suspensas as dívidas dos estados com a União, que custarão R$ 12,6 bilhões.

Estas duas medidas contra crise pelo coronavírus devem constar em medidas provisórias (MP), que ainda não foram publicadas.
Bolsonaro informou ainda que pretende transferir R$ 8 bilhões para saúde e que o governo deve injetar R$ 16 bilhões para manter em 2020 o mesmo patamar do ano passado de transferências do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Os anúncios foram feitos uma semana após governadores e secretários estaduais fazem pedidos ao ministro da Economia, Paulo Guedes. Então, os estados haviam sinalizado com R$ 15 bilhões mensais para compensar as perdas e financiar emergências na saúde.

Um dia antes, no domingo (22), o Supremo Tribunal Federal (STF) havia determinado a suspensão da dívida pelo governo de São Paulo. Bolsonaro informou, então, que a equipe econômica analisava adotar este benefício para outros estados.
— Isso já vinha sendo discutido, está no Pacto Federativo essa proposta. A gente pode [suspender para outros Estados], mas tem que ouvir o Paulo Guedes, ele que vai dizer, na ponta da linha, quanto é que custa, eu não sei quanto é, talvez R$ 18 bilhões, se eu não me engano, custaria essa medida para estender para os demais Estados — declarou Bolsonaro.
O governo ainda deve ajudar estados e municípios em renegociação com bancos, estimada em R$ 9,6 bilhões.

compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
tags
veja também