Inaitec tem oportunidade para capacitar empresas exportadoras

O Instituto de Apoio à Inovação, Incubação e Tecnologia (Inaitec) acaba de concretizar um acordo com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), e irá qualificar e capacitar empresas da Grande Florianópolis para a entrada no comércio exterior.

Todo o acompanhamento necessário será dado pelo Inaitec, que auxiliará na implantação dos pré-requisitos para que as exportações aconteçam de forma planejada e segura e também para acesso ao mercado externo.

No papel de um ecossistema de inovação une conhecimento, educação e gestores das esferas pública e privada, o Inaitec foi fundado em 2010 pela Prefeitura Municipal de Palhoça, Cidade Criativa Pedra Branca, Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) e Associação Comercial e Industrial de Palhoça (ACIP).

Várias são as vantagens para as empresas que desejam internacionalizar seus produtos ou serviços. Os ganhos vão desde aquisição de experiência internacional e ganho de produtividade, até melhoria na qualidade de produtos ou serviços oferecidos no mercado interno ou externo.

Para alcançar os objetivos, a Apex-Brasil realiza ações diversificadas de promoção comercial que visam promover as exportações e valorizar os produtos e serviços brasileiros no exterior, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira entre outras plataformas de negócios que também têm por objetivo fortalecer a marca Brasil.

Diego Chierighini, diretor executivo do INAITEC:

“Não haverá custo para as empresas participarem do programa. Contrataremos 11 bolsistas que auxiliarão no processo de exportação, seja por meio de treinamentos, workshops ou qualificações individuais com a finalidade de habilitar as empresas ao mercado externo”.

“As marcas ganham valor e as empresas ficam menos dependentes do mercado interno quando optam em também atenderem outros países”.

“Com esta parceria acreditamos em um aumento significativo das exportações de empresas de nossa região. Prevemos atender 200 empresas e, ter pelo menos 130 delas exportando nos próximos dois anos”.

acessar a

Área do Associado