Indústrias podem trabalhar, mas com protocolos preventivos

De acordo com o Decreto de Emergência publicado pelo Governo do Estado, as indústrias estabelecidas em SC podem – e devem, conforme enfatiza o Governador Moisés em suas falas – continuar suas atividades. Mas é preciso seguir protocolos que preservem a saúde dos trabalhadores.

Uma das indicações é a redução do número de trabalhadores. No ambiente de trabalho deve haver fornecimento de kits de higiene pessoal e o reforço de higienização de áreas comuns onde existam contatos das mãos (maçanetas, controles, louças de cozinha e banheiros, etc…

No caso da agroindústria, também é necessário analisar quais as atividades essenciais. Ramos como de insumos para animais podem ser mantidos, cumprindo as exigências porque o fornecimento de bens de consumo essenciais para a população não pode parar.

Caso o trabalhador apresente algum sintoma que mereça atenção quanto ao coronavirus ele deve ser imediatamente afastado do local de trabalho e permanecer em sua casa.

 

RECOMENDAÇÃO – A Polícia Militar de SC, através de sua unidade de Palhoça, encaminhou solicitação à ACIP na qual recomenda que as pessoas não façam denúncias neste sentido porque as empresas estão autorizadas a trabalhar, dentro das restrições já expostas.

compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
tags
veja também