Marcelo Fett apresentou projeto da Nota Fiscal Palhocense

Marcelo Fett apresentou projeto da Nota Fiscal Palhocense

O Secretário de Desenvolvimento Econômico de Palhoça, Marcelo Fett, apresentou a associados as linhas gerais do projeto Nota Fiscal Palhocense (NFP), um projeto inovador a nível nacional para incentivar a economia da região envolvendo toda a comunidade. Diretores da Acip e associados prestigiaram o evento, realizado na sede da entidade nesta segunda-feira (26.04). O Presidente Leandro Porto da Rosa fez a apresentação do palestrante e destacou o ineditismo e a qualidade do projeto que coloca Palhoça em destaque no cenário nacional de empreendedorismo.

Na sua origem, o mecanismo do projeto é semelhante ao de projetos de outras cidades brasileiras, onde cidadãos serão estimulados a solicitar o documento fiscal ao pagar por algum serviço, recebendo de volta, como crédito, 30% do valor do ISS (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza).

A diferença na NFP é que o projeto prevê a criação de um Fundo de Inovação, no qual o cidadão poderá investir seus créditos tornando-se cotista, algo sem precedentes no país. O fundo terá o objetivo de estimular empresas inovadoras que se instalem no município. Ou seja, o cidadão receberá de volta parte do imposto pago e poderá investir esse valor para se tornar sócio de empresas que estejam instaladas no município. Na prática, ao participar do programa e pagar por um serviço o cidadão receberá de volta 30% do ISS se pedir a nota fiscal.

Marcelo deixou bem claro que empresas inovadoras não são exclusivamente as ligadas ao setor de tecnologia. “Inovação cabe em qualquer setor do comércio, indústria ou prestação de serviços. O projeto pretende atrair empresas e desenhar um novo modelo de desenvolvimento econômico para o município”, disse ele.

Sobre prazos para implantação, Fett acha que nos próximos 90 dias será concluída a fase operacional do sistema que vai operar o projeto. Ele também considera um segundo prazo de cerca de 6 meses para encaminhar todas as questões legais para estruturar o modelo do fundo de investimento.

“DENTRO DO PROJETO”

O empresário Tiago Fagundes Fonseca, associado que acompanhou a palestra, é do segmento de comércio lojista e ficou muito satisfeito com a apresentação. “Sinto-me dentro do projeto porque ele vai representar um diferencial econômico para o futuro da região, beneficiando toda a comunidade. Acho que o mais importante será o esforço para conscientizar o cidadão palhocense para estimular a participação de todos no processo”.