OAB de Palhoça adere aos programas sustentáveis da ACIP

Será na próxima terça-feira (08/11) às 19h, na sede da 29a. Subseção OAB Palhoça, o ato de adesão da entidade aos dois programas sustentáveis desenvolvidos pela Associação Empresarial de Palhoça (ACIP), o ReÓleo, numa franquia da ACIF de Florianópolis, e o ReciclACIP, que coleta eletroeletrônicos inservíveis para encaminhamento adequado e reuso dos materiais.  A sede da OAB será um Ponto de entrega Voluntária (PEV) destes programas.

O empresário Leandro Porto da Rosa, presidente da Associação Empresarial de Palhoça (ACIP), acredita que a adesão da OAB tem como efeito um grande impulso no resultado das campanhas.

“Temos junto à OAB uma audiência numerosa e sobretudo qualificada, verdadeiros formadores de opinião e que saberão disseminar ainda mais os conceitos daquilo que a ACIP defende  e pratica em termos de sustentabilidade”.

Ao mesmo tempo, salienta Leandro, se fortalecem ainda mais os laços de relacionamento entre as entidade OAB e ACIP, que trabalham, cada uma dentro de suas características, pelo desenvolvimento de Palhoça.

Para o Presidente da Subseção 29ª. OAB Palhoça, Leandro Rachadel, a adesão desta entidade a programas sustentáveis da Associação Empresarial de Palhoça (ACIP) representa um importante avanço nas relações institucionais da OAB coma comunidade de Palhoça.

– A defesa do meio ambiente é hoje uma obrigação, um dever do cidadão e temos na ACIP projetos bem estruturados que ajudam muito, basta que cada um de nós faça a sua parte, porque neste caso este coletivo atuando de forma organizada e estruturada garante um resultado muito mais expressivo. È o que vai acontecer – afirmou.

OS PROGRAMAS

O ReÓleo é um programa criado pela ACIF de Florianópolis em que a ACIP atua como franqueada para o município de Palhoça. Atua para que o óleo de cozinha usado tenha destinação correta de reaproveitamento, evitando que se despejado no meio ambiente.

O ReciclACIP promove a coleta de eletroeletrônicos inservíveis para posterior encaminhamento a empresas de reciclagem permitindo a correta destinação dos materiais, muitos deles componentes altamente tóxicos.

O que pode ser entre no PEV:

CPUs e componentes (fontes, placas eletrônicas, memórias, processadores, etc)

Monitores CRT, LCD, etc

Peças complementares (mouses, teclados, estabilizadores, nobreaks, etc)

Notebooks e acessórios

Fax e impressoras

Aparelhos telefônicos e celulares