Posicionamento da ACIP em defesa das atividades

A Associação Empresarial de Palhoça (ACIP), mobilizada em defender os interesses de seus associados, que são empresas de todos os portes dos setores da indústria, comércio e prestação de serviços, está encaminhando ofício às autoridades do município e do Governo do Estado de SC em defesa da preservação da atividade econômica e de sua plena atuação em favor do desenvolvimento. A luta maior é pela preservação de vidas, mas sem abrir mão da manutenção de empregos em todos os níveis, inclusive pela sua ampliação, diante da situação atual da conjuntura.

Santa Catarina vive uma gravíssima crise de saúde pública. O momento exige mobilização da Sociedade, sobretudo, a conscientização das pessoas em seguir o regramento sanitário e evitar aglomerações desnecessárias e os consequentes contágios.

A ACIP de Palhoça reitera sua defesa pela manutenção das atividades de todos os setores da economia visto que as empresas estão cientes da gravidade da situação, tomando todos os cuidados sanitários e elas não podem ser responsabilizadas como vetores de contaminações.

Cabe às autoridades uma fiscalização rigorosa para coibir e punir liberalidades e aglomerações que colocam em risco as demais pessoas e comprometem a capacidade de atendimento das unidades de saúde da região.

Empresa aberta não é porta de entrada do vírus, é garantia de preservação de empregos e de renda, proporcionando equilíbrio social e a perspectiva de um novo momento para o futuro de todas as famílias.

 

Palhoça, 26 de fevereiro de 2021

 

Ivan Cadore – Presidente da ACIP de Palhoça