Prorrogado prazo de contratações do Pronampe

O governo prorrogou por mais três meses o prazo para formalização de empréstimos via Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe).
O prazo final era até esta quarta-feira (19/8) e passa a valer agora até 19 de novembro.
A portaria, assinada pelo secretário Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Alexandre da Costa, considera que ainda há demanda pelo crédito entre as microempresas e empresas de pequeno porte para a manutenção das atividades econômicas.
Assim que o governo editou a medida provisória criando o programa, houve intensa corrida por esse crédito a juros baixos, que teve a primeira remessa esgotada em pouco tempo nos dois maiores bancos públicos do país: Banco do Brasil e Caixa.
Agora que a MP foi convertida em lei e está em fase de sanção, haverá um novo aporte da União de R$ 12 bilhões no Fundo de Garantia de Operações (FGO), destinados ao Pronampe.
Além de estar em dia com a Receita, outras obrigações para a empresas estão vinculadas à adesão ao crédito. Uma delas é de que a empresa não poderá demitir funcionários por até dois meses após o pagamento da última parcela do empréstimo, que tem o prazo de 36 meses para ser quitado.
Ou seja, se empresa obtiver o empréstimo pelo prazo máximo de pagamento das parcelas, ela não poderá demitir no prazo de 38 meses.

compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
tags
veja também