Público do Café de Negócios está otimista para 2019

A Associação Empresarial de Palhoça (ACIP) promoveu nesta quarta-feira (21.11) a 40ª. Edição do Café de Negócios, com expressiva participação de público, que acompanhou apresentações de cases da Fatenp/Unigranrio e da Odontocompany & Partmed. Os participantes responderam a uma pesquisa sobre perspectivas da economia para o ano que vem e o resultado indicou um sentimento otimista: 76% das pessoas acreditam que o ambiente de negócios vai melhorar com a posse de novos governantes e legisladores em 2019.

Nas apresentações, a Diretora da Fatenp/Unigranrio, Larisa Henkemeier Weber de Mello enfatizou as características diferenciadas de atuação desta instituição. “Temos processos educacionais que buscam resultados além da expectativa dos alunos, deixando-os sempre muito mais perto do mercado de trabalho que todos almejam alcançar”, afirmou.

Implantada em 2011, a Faculdade de Tecnologia Nova Palhoça (Fatenp) oferece 19 cursos presenciais de graduação, é polo de Ensino a Distância (Ead) da Universidade do Grande Rio (Unigranrio) com 20 cursos e tem outras 18 opções semipresenciais.

A Odontocompany &Partmed é uma franquia de duas especialidades, atendimentos médicos e odontológicos dentro de um novo formato onde as opções de pacotes para empresas têm taxas individuais a partir de R$ 15,90 mensais e de R$ 29,90 no individual composto. Os pacotes colocam várias especialidades médicas e odontológicas à disposição dos clientes.

A empresa inaugurou sua unidade há 7 meses na região central de Palhoça e segundo seu diretor executivo, Leonardo Schmitz, a aceitação tem sido muito positiva pela rapidez, efetividade e pela excelente relação custo&benefício que esta solução oferece.

OTIMISMO PARA 2019

Os cerca de 50 participantes desta edição do Café de Negócios são empresários ou profissionais ligados aos setores de serviços, a grande maioria (70%), comércio (22%) e indústria (*8%). Ele estão otimistas para o cenário econômico de 2019 e também comemoram bons resultados neste ano de 2018.

Em relação ao desempenho de, 2018, 73% indicaram que ele foi melhor que 2017, 10% disseram que foi praticamente igual e só 2% indicaram piora em relação a 2017.

Em outra questão, se a posse de novos governos e legislativos poderá interferir favoravelmente na economia, 76% indicaram que sim, que o ambiente de negócios vai melhorar. Para 18% dos entrevistados, a reação vai acontecer, mas num ritmo mais lento enquanto 6% disseram que ainda tem muitas dúvidas sobre a efetividade das ações dos novos eleitos. Ninguém optou por um cenário pior que o atual para 2019.

O Presidente da ACIP, Marcos Cardoso, acredita que a manifestação dos empresários e dos empreendedores de Palhoça reflete com muita propriedade o sentimento geral e atual vigente na Sociedade.

– A eleição está renovando um sentimento de esperança nas pessoas, de que os novos governos e o novo Congresso Nacional efetivamente coloquem em prática aquilo que defenderam em termos de propostas, justificando a vitória na eleição. O empresário tem essa crença de que a situação vai mudar e vai mudar para melhor e com certeza contribuirá para que isso aconteça”, disse Cardoso.