Surge mais um Núcleo na ACIP, de Engenharia e Arquitetura

Mais um Núcleo Setorial iniciou seu processo de formação na Associação Empresarial de Palhoça (ACIP), que contempla negócios nas áreas de Engenharia e Arquitetura. A primeira reunião de sensibilização aconteceu nesta segunda-feira (31/10) na sede da entidade com a presença de empresários ligados a estes dois segmentos.

O encontro contou com a participação do Coordenador de projetos da Facisc, Osmar Vicentin, da consultora da Facisc, Carina Casanova, e teve a coordenação do empresário e articulador deste grupo inicial de interessados em participar do Núcleo, Querello Tenczna. O Diretor de Núcleos da ACIP, Everson Mai, representou a Diretoria da entidade.

Querello acredita que o primeiro encontro de captação de interessados e de ideias para a formação do núcleo alcançou o êxito esperado. “Temos nesta fase inicial o objetivo de buscar as expectativas dos participantes de dentro o núcleo, extrair informações e elementos que nos permitam elaborar um planejamento estratégico de ações para 2017 até o final deste ano. Temos vários setores relacionados aos grandes temas da Engenharia, Arquitetura e Construção e queremos discutir ações que envolvam melhorias para a cidade”, assinalou.

Com a experiência de Coordenador Estadual de Núcleos da Facisc através do Programa Empreender, Osmar Vicentin, destacou que uma das principais características dos núcleos é a criação de uma nova rede de relacionamentos que estimulem a geração de negócios, de forma organizada, com metodologias já consagradas e que estão à disposição dos associados do Sistema Facisc através das associações empresariais.

A consultora da Facisc, Carina Casanova, apresentou dados do sucesso deste formato. “Temos hoje atuantes no Estado mais de 500 núcleos que congregam mais de 6 mil empresas. Há casos de núcleos com 23 anos de existência atestando a efetividade deste modelo de organização, que pode ser setorial ou territorial”.

O Diretor de Núcleos da ACIP, Everson Mai, garantiu que a entidade dará todo o apoio em termos de estrutura, mas salientou que o êxito da iniciativa vai depender dos seus participantes. “O passo inicial foi dado, agora a consolidação do núcleo virá com a mobilização e o entusiasmo dos associados. Não temos dúvida de que este novo núcleo será um sucesso, a exemplo dos demais que já estão em atividade aqui na ACIP”.