Whats App Pay vai impulsionar vendas digitais

Exclusivo para celular, o WhatsApp Pay (WAP) entrou em ação na primeira semana de maio e deve, nos próximos meses, se tornar uma opção de pagamento que tende a impulsionar as vendas digitais no varejo e atender às demandas de consumidores que, cada vez mais, se sentem à vontade com as compras online.

O WhatsApp Pagamentos começou a funcionar no Brasil em 2020, mas em junho do mesmo ano o serviço foi suspenso pelo Banco Central, para que passasse por uma avaliação. Após receber a aprovação para funcionar no país, o Facebook Pay, produto do Facebook que processa os pagamentos via WhatsApp, o recurso voltou a ser liberado para uma pequena base de usuários.

Nessa primeira fase, só é possível fazer transferência entre pessoas físicas com cartões de débito das bandeiras Visa e Mastercard, com o limite de valor de até R$ 1.000 por operação e de R$ 5.000 mensais, entre enviados e recebidos.

Em uma próxima etapa, o WAP deverá incluir CNPJs e, dessa forma, o Facebook também terá acesso aos dados do comportamento de consumo dos usuários por categoria, empresa e localização.

Atualmente, o WhatsApp conta com cerca de 2 bilhões de usuários em 160 países. No início da pandemia, o aplicativo cresceu 40%, segundo dados da Kantar. O WAP ainda não está integrado com o Pix, mas nada impede que a solução seja incorporada em breve, assim como funcionar como uma carteira digital orientada para a população não bancarizada.

compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
tags
veja também