Banco da Família instala operação em Palhoça

O Banco da Família, instituição de microfinanças com sede em Lages (SC) e filiais em 110 cidades de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná, abrirá dia 9 de setembro a primeira operação na Grande Florianópolis, em parceria com a Associação Empresarial da Palhoça (ACIP).

A agência funcionará dentro da ACIP e irá oferecer todas as modalidades de financiamento que o Banco tem à disposição, como recursos para empreender ou até para aquisição de casas de madeira. Uma solenidade, com a presença de autoridades e convidados, marcará a abertura da agência, presidida pela empresária Isabel Baggio.

“Estamos muito entusiasmados com esta parceria que irá ampliar a atuação do Banco e atender clientes numa região com grande potencial”. Segundo ela, nos primeiros 12 meses da operação, a expectativa é de alcançar 120 clientes e financiar R$ 600 mil.

O Presidente da ACIP, Ivan Cadore, demonstra otimismo pelo projeto. “Temos localidades aqui no município com carência de oportunidades de pequenos negócios e a chance dada pelo Banco da Família supre uma lacuna através do microcrédito que as instituições financeiras de grande porte não conseguem atender. O componente social e de acesso à cidadania faz toda a diferença, pelos cases apresentados”.

Com mais de 20 anos de atuação, o Banco da Família é considerada a maior operadora de microfinanças do sul do país, com mais de 20 mil clientes ativos, espalhados por 110 municípios dos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. A Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) _ instituição sem fins lucrativos _ já concedeu mais de R$ 750 milhões em crédito, em cerca de 300 mil operações.

Segundo levantamentos da MicroRate, empresa especializada em avaliação de desempenho e risco, o Banco da Família está classificado como a melhor instituição de microfinanças da América Latina e maior geradora de desenvolvimento social do Brasil.