Case na ACIP começa a dar resultados

Uma parceria entre o Sebrae-SC e a Associação Empresarial de Palhoça (ACIP) formalizou a criação do Centro de Atendimento Sebrae ao Empreendedor (CASE), junto à sede da entidade em Palhoça.  Os atendimentos começaram no último mês de maio e já começam a dar resultados.  Através do das orientações recebidas no atendimento proporcionado pelo Case, a empreendedora Darla Dondei criou, formalizou e colocou em prática o seu negócio, trazendo inclusive uma modelo inovador para o mercado da região. Darla também filiou sua empresa, GT Ganhe Tempo Assessoria Remota na categoria Micro Empreendedor Individual (MEI) à ACIP.

O Presidente da ACIP, Leandro Porto da Rosa considera esta uma grande vitória da entidade. “Com a implantação do Case os futuros empreendedores e mesmo os que já estiverem com seus negócios criados tem um ponto a mais de atendimento para utilizar os serviços de orientação e capacitação da ACIP, complementados pelo acesso aos Sebrae-SC. E este exemplo da Darla é o melhor indício de que estamos no caminho certo”, comemora Leandro.

O objetivo principal do projeto é prestar atendimento por meio de consultoria e orientação para empreendedores, empresários e futuros  empresários de pequenos negócios de Palhoça e região. A ACIP designou e treinou uma profissional para dar atendimentos pelo Case, a consultora Luisa Bonow, que atende as demandas que são pré-agendadas todas as segundas-feiras.

Os interessados têm acesso gratuito a informações sobre serviços como aAgenda de cursos; Plano de negócios, orientação sobre todas as formas jurídicas  para formalização de empresa com orientação sobre todos procedimentos eburocracias que envolvem o processo de ter uma Pessoa Jurídica, inclusive no formato de MIcro Empreendedor Individual (MEI).

A empresa de Darla Donei chama-se GT – Ganhe Tempo Assessoria Remota. Ela buscou a orientação do Case da ACIP para formatar seu modelo de negócio. Presta o atendimento de sua própria estação de trabalho residencial (conhecido também como home office). A ideia principal desse serviço é fornecer facilidade e comodidade a micro e pequenas empresas, autônomos, profissionais liberais e também particulares, sem vínculo empregatício e sem impostos trabalhistas. O custo será bem menor em comparação a contratação de um funcionário, garante a empreendedora.

Neste atendimento, Darla é uma pessoa jurídica que presta serviços como um assistente administrativa cuidando de toda parte burocrática da empresa, sem a necessidade de criar o vínculo trabalhista e sem utilizar seu espaço físico.

– Enquanto cuidamos da parte burocrática de documentação, o empresário terá mais tempo para focar na busca de novos clientes e assim gerar mais lucro para empresa – assegura Darla.

 

compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
tags
veja também